Google+ Followers

Vinagrete de abacaxi

Esse vinagrete é bem fácil de fazer. Eu já havia sugerido aqui no blog um vinagrete de pera, que faz mto sucesso.


Esse aqui é mto bom pra acompanhar carne vermelha assada e tb pratos com frutos do mar grelhados.


Ingredientes


2 xícaras de abacaxi picadinho bem miudinho
1 cebola roxa picadinha - usei a comum, na falta da roxa :(
2 raminhos de salsa (usei a crespa)
sal qb
suco de 1 limão siciliano 
azeite de oliva qb


qb = quanto baste, ou a gosto.


Misture bem todos os ingredientes e prove. Se precisar, acrescente sal ou limão.


Prontinho. Fácil né?







Costela assada - dia de reunir família linda

Feriado de carnaval é motivo bom para: viajar, curtir amigos, ver filmes, cair na "folia", botar o bloco na rua :), e também reunir a família em torno da mesa (já que ninguém viajou mesmo)


A terça foi pra isso, juntar as panelas e daí fazer aquela carne que todo mundo gosta (menos os sobrinhos lindos - gracinhas, olha a carinha deles): costela de ripa assada.






Essa receita foi adaptada do site da Ana Maria Braga, e se chama "costela do seu pança". Vamos lá, assar nossa costela de fim de semana?






Ingredientes


1 peça de costela de ripa de +- 1,5kg (peça ao açougueiro para fazer o corte certo)
1 copo de água
4 dentes de alho
1 cebola pequena
1 colher de sobremesa de ervas finas ou 1 colher de chá de:
- manjericão, alecrim, tomilho secos
pimenta do reino moida a gosto
1 colher de sobremesa de sal grosso
1 colher de sopa de margarina


Modo de fazer


1. Coloque no copo do liquidificador a água, o alho, a cebola picada, as ervas, pimenta do reino, margarina e bata bem. Coloque a peça de costela numa
vasilha com tampa e jogue esse tempero batido.


2. Besunte a carne com esse tempero e jogue o sal grosso nesse momento. Deixe marinar por umas 7 horas na geladeira.


3. Para assar, coloque a costela num saco plastico assa fácil conforme instruções (eu uso dois saquinhos para não furar) ou embrulhe em papel celofane culinário ou até em papel alumínio (nesse caso, dê várias voltas).


4. Coloque em tabuleiro e leve para assar em churrasqueira ao bafo (por 2 horas +-) ou no forno convencional, temperatura média, por umas 3 horas.


5. Retire o plástico e deixe dourar.


6. Eu aproveitei e coloquei umas fatias grossas de linguiça para dourar junto.


Sou suspeita pra falar, pq gosto muito de costela... mas fica bom demais.




Sirva acompanhada com arroz branco, farofa e um vinagrete de abacaxi (clique aqui para a receita).







Bife à parmegiana



Essa é uma das variações de bife que eu mais gosto.
Requer um pouco mais de tempo na cozinha, mas vale a pena pelo resultado.

Alguns detalhes que melhoram a performance do prato:
- carne de primeira sem gordura (alcatra, coxão mole, filé mignon)
- óleo de boa qualidade para a fritura (canola é o melhor)
- um bom molho caseiro de tomate (na falta de tempo, use pronto)
- farinha de rosca feita com pão amanhecido e duro, triturado no liquidificador


Ingredientes


600 gr de filé de carne de primeira - alcatra ou contra-filé (retire o excesso de gordura)
sal e pimenta do reino a gosto
2 dentes de alho socadinhos
1 ovo
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de rosca
+- 3 xícaras de óleo para fritar
1 1/2 xícara de molho de tomate
200 gr de queijo mussarela
200 gr de presunto
queijo parmesão ralado a gosto

Modo de fazer

1. Tempere os bifes fatiados com o sal, a pimenta do reino e o alho. Deixe marinar por uma hora. Reserve.

2. Depois desse tempo, aqueça uma panela baixa ou frigideira e coloque o óleo para aquecer.

3. Enquanto isso, passe os bifes na farinha de trigo, no ovo batido e na farinha de rosca (nessa receita usei panko).

4. Frite-os dos dois lados (+- 2 min. de cada lado). Cuidado para não deixar queimar.

5. Coloque-os sobre papel absorvente para enxugar o excesso de óleo.

6. Numa travessa, coloque os bifes espalhados lado a lado, ponha uma fatia de presunto e de mussarela sobre cada um. Espalhe o molho de tomate e por fim, salpique o queijo parmesão.

7. Leve para gratinar no forno, apenas até derreter o queijo. Sirva quente.

Obs. Receita de molho caseiro: clique aqui.










Salada Caesar - minha versão



 Essa salada é um clássico da culinária.
Muito prática e pode ser prato único.
A minha versão é essa aqui. Fiz, a pedidos, para minha irmã e meu cunhado que moram na França e os ingredientes a gente encontra aqui, sem dificuldade.





Ingredientes


folhas de alface romana
1 xícara rasa de croutons 
2 colheres de sopa de azeite de oliva
4 colheres de sopa de queijo parmesão em lascas
4 tomates cereja (médios)
2 peitos de frango temperados com sal e pimenta

Molho:

1 dente de alho socadinho
4 colheres de sopa de azeite de oliva 
sal e pimenta do reino moída a gosto
3 colheres de sopa de maionese
1 colher de sopa de mostarda de Dijon
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado

Modo de fazer

1. Leve para dourar no forno +- 3 fatias de pão de forma cortado em cubinhos,  sem a casca e regados com azeite de oliva. Depois de dourar, retire do forno e reserve.

2. Enquanto isso, doure os peitos de frango numa frigideira antiaderente com fio de azeite. Fatie e reserve.

3. Numa travessa bonita de vidro, rasgue as folhas de alface meio grosseiras mesmo. Pique os tomates sem a semente e misture com alface. Acrescente o frango fatiado.

4. Na hora de servir, coloque o queijo fatiado e os croutons. Regue com o molho e sirva em seguida.

Molho: misture bem os ingredientes e bata com um garfo ou fouet para emulsificar acrescentando o azeite aos poucos, até consistência de creme leve.











Macarrão assado

Uma amiga de trabalho, a Ivanir, me ensinou uma receita maravilhosa para aquelas horas em que precisamos agilizar as refeições.

Esse macarrão é simples e surpreende a todos por causa do sabor e cremosidade. E mais fácil, impossível, basta colocar todos os ingredientes na sequência certa...e o melhor? a massa é crua mesmo.

Detalhe: esqueci de tirar foto dele na hora em que servi, mas dp consegui tirar a foto dele no prato :p


Ingredientes

1 pacote de macarrão ninho tipo talharim
2 copos de requeijão
2 latas de molho de tomate pronto
2 cubos de caldo de carne ou galinha1 litro de água fervente
queijo mussarela para cobrir


Modo de fazer


1. Forre um pirex (fundo de preferência) com um dos copos de requeijão.



2. Em seguida arrume os ninhos crus no fundo do pirex.




3. Com a ajuda de uma colher, recheie os miolos dos ninhos com o restante do requeijão (nem usei o segundo copo todo).


4. Coloque o molho de tomate somente contornando o pirex.






5. Por fim, dissolva os dois cubos de caldo de carne no litro de água fervente e acrescente ao macarrão.


6. Cubra com o queijo mussarela e leve ao forno, já quente, por 30 minutos aproximadamente.






Retire do forno e sirva imediatamente. Vc vai surpreender a todos!
Thanks Vaniiiiirrrr.








Rosca de leite condensado

Essa rosca é feita na minha família há mais de 20 anos. Tia, mãe e agora eu tb somos fãs dessa receita...tomara que minha filha perpetue a tradição :)

Com as devidas adaptações, eis a campeã:



Ingredientes

1 lata de leite condensado
1/2 lata de óleo
1 colher de sopa cheia de margarina
1 lata de água morna
2 colheres de sopa de fermento biológico (ou 2 tabletes)
1 colher rasa de chá de sal
4 ovos
+- 1 kg de farinha de trigo


Modo de fazer

1. Coloque todos os ingredientes no liquidificador, menos a farinha, e bata até misturar tudo.

2. Despeje a mistura numa bacia e vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos. Misture com uma colher ou use a batedeira para ir incorporando a farinha.

3. Quando a massa estiver elástica, coloque-a sobre uma bancada, vá adicionando o restante da farinha e trabalhe a massa até ficar com consistência de massa de pão.

4. Volte a massa para a bacia e deixe descansar tampada até dobrar de volume.



5. Depois de crescida, modele as roscas conforme desejar. Pincele um ovo bem batido sobre as roscas e deixe crescer novamente.


























6. Pré-aqueça o forno em temperatura média e coloque para assar até ficar douradinha, sem escurecer muito, senão pode ficar um pouco seca.

7. Depois de assadas, pincele as roscas com uma calda feita com 1 xícara de açúcar e 1/2 xícara de água (deixe ferver até ficar grossinha). Salpique coco ralado para decorar.
Se não gostar de coco, pode salpicar açúcar cristal ou jogar leite condensado em cima, fica muito bom também.







Picanha assada com mostarda

Picanha é uma carne nobre, mas não apenas isso. É muito saborosa. Lá em casa, é um prato muito repetido, porque é fácil, gostoso e agrada gregos e baianos.

Ingredientes

1 peça de picanha não muito grande (+- 1,300 - quanto menor, mais macia)
2 colheres de sopa de mostarda Dijon
1 colher de sopa de sal grosso
ervas finas a gosto

Modo de preparo

1. Se fizer para o almoço, comece temperando a carne logo cedo (umas 3 horas antes de assar). Salpique o sal grosso e deixe marinando numa vasilha tampada.


2. Decorrido esse tempo, escorra a carne e dê umas batidinhas com uma faca para retirar o excesso de sal que não tenha dissolvido.

3. Adicione a mostarda e as ervas finas (pode usar apenas tomilho e manjericão ou orégano). Espalhe bem esses temperos na carne.

4. Coloque-a dentro de um saquinho "Assa Fácil", feche e ponha numa refratária. Pode também colocar direto na forma e cobrir com papel alumíno, caso não tenha o assa fácil. Vide foto:

Tem de várias marcas e encontra em qq hipermercado

5. Leve para assar com a parte do gordura voltada para cima, em forno pré-aquecido até que, enfiando uma faca afiada, esteja macia sem soltar sangue (depende do forno, mas 1h30m seria suficiente)



6. Retire o papel aluminio ou plástico e deixa mais uns 10 min. até dourar.

7. Fatiar e servir quente!

Eu servi com macarrão assado (vide post) e cenoura assada no vinho (receita  aqui).








Patê de beringela (ou camponata)

Beringela é com g ou com j?

O dicionário Houaiss diz que com j é a forma geral não preferencial. Então tá, vamos com G.

Na verdade, independente de como se escreve, eu adoro.
Frita à milanesa, recheada, na lazanha ou como patê, é bem-vinda.

Servi outro dia num almoço como entrada. Mas depois, comemos junto com o prato principal, hehee.



Ingredientes

2 beringelas médias cortada em cubinhos
1 cebola grande em cubos
2 tomates em cubos
1/2 pimentão vermelho
4 dentes de alho em lâminas
4 colheres de sopa de cheiro verde picado
sal e pimenta do reino a gosto
3 colheres de uva passa branca ou preta
azeite de oliva

1. Misture numa refratária média todos os ingredientes e misture bem com uma colher. Por último adicione fio de azeite a vontade.


2. Cubra com papel alumínio e leve para assar em forno moderado até ficar tudo bem cozido, por +- uma hora e meia.

3. Sirva como patê e torradas ou com mini pão sírio.



Cordeiro assado

Carneiro (cordeiro) é uma carne que nem todo mundo gosta. Por não conhecerem ou porque não é fácil de encontrar? Ou por não saber preparar?
Mas é uma carne muito gostosa e macia, principalmente se for a de cordeiro, que é o novilho do carneiro.

Perto da minha casa tem uma feira de produtos orgânicos que é o paraíso. Minha Disney :)

Tem uma banca que vende carne de cordeiro fresquinha, já temperada. Não resisti e comprei um pedacinho para experimentar. Aproveitei a dica da dona da banca e fiz.
Gostei muito e indico para quem gosta de uma boa carne assada, com sabor delicado e macia.





Ingredientes

1 peça de costela de cordeiro de 1 kg (com o lombo) - temperada de véspera com manjericão fresco, sal, pimenta do reino, alho amassado e alecrim ou hortelã, se gostar (ficar na geladeira por umas 8 horas)
5 batatas médias cortadas em rodelas
1 cebola grande cortada em rodelas
azeite de oliva a gosto

Modo de fazer

1. Numa refratária, coloque as rodelas de cebola e de batata. Salpique um pouco de sal e pimenta do reino a gosto.



2. Regue com fio de azeite e coloque a carne já temperada. Cubra com papel alumínio.



3. Leve para assar em forno médio até ficar macia (+-1 hora, dependendo do forno).

4. Retire o papel e deixe a carne dourar por mais 15 min. Sirva quente, com arroz branco e purê de abóbora ou batata baroa.



Torta holandesa de maracujá

Minha cunhada (Leila) fez essa torta no ano novo e eu adorei: o sabor, a apresentação... Simples, gostosa e linda.


Ela me deu a receita e vou compartilhar com vocês, pq vale a pena, vc vai fazer bonito pra suas visitas e amigos.


Ingredientes



·         3 gemas peneiradas
·         1 lata de leite condensado
·         1/2 xícara (chá) de suco concentrado de maracujá
·         1 envelope de gelatina em pó incolor e sem sabor dissolvida   conforme embalagem
·         2 xícaras (chá) de creme de leite fresco bem gelado batido em ponto  de chantilly
·         1 pacote de biscoito redondo (com cobertura de chocolate)

Modo de fazer
1. Numa tigela coloque gemas peneiradas, leite condensado e suco concentrado de maracujá. Com auxilio de um batedor de arame, misture muito bem. 
2. Cozinhe a mistura em banho-maria mexendo sempre para não talhar (+/- 15 minutos) ou até obter uma consistência cremosa. Nesta hora junte gelatina em pó incolor e sem sabor dissolvida conforme embalagem. Retire do fogo e deixe esfriar.                                                                                                          
3. Depois de frio incorpore delicadamente creme de leite fresco bem gelado batido em ponto de chantily até ficar homogêneo. 
4. Forre o fundo de uma fôrma de aro removível (24 cm de diâmetro X 7cm de altura) com um prato de papelão untado com manteiga ou margarina. Distribua no fundo da fôrma uma camada de biscoitos redondos (com cobertura de chocolate preto) e acrescente todo o creme de maracujá. Leve para o freezer por 4 horas.
5. Retire a torta do freezer, solte a lateral com auxilio de uma espátula, transfira a torta para um prato de serviço e faça a volta da torta com o restante dos biscoitos redondos com cobertura de chocolate.
Cubra com a calda de maracujá fria.
Para a calda de maracujá
·         1 xícara (chá) de açúcar
·         1/2 xícara (chá) de água
·         polpa de 2 maracujás
Preparo da calda de maracujá
Numa panela FORA DO FOGO misture açúcar, água e polpa de maracujá. Leve ao fogo médio até obter uma calda grossa. Deixe esfriar.
delícia, assim vc me mata :)