Google+ Followers

Filé de frango com creme de mostarda e bacon




Frango é uma carne versátil e dá boas opções de preparo.

Hoje meu filho pediu um frango que ele comeu num restaurante... e claro que não tinha a receita... Então, como toda mãe, peguei minha bola de cristal e pus a mão na massa.

Ele disse que ficou muito bom e que era aquilo mesmo (não sei pra me agradar), mas todos gostamos muito.

Ingredientes e modo de fazer

1 bandeja de filé de frango
sal e pimenta do reino a gosto
molho shoyo  a gosto
fio de azeite de oliva
100 gr de bacon picado
200 gr de muzzarela
2 colheres de sopa de maionese light
1 colher de sopa de mostarda comum
suco de 1/2 limão siciliano


1. Inicie limpando bem o frango com suco de limão e cortando os filés em bifes grandes. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Regue com um pouco de shoyo e azeite de oliva. Reserve.

2. Numa frigideira grande, frite o bacon na própria gordura. Retire já fritos e coloque para escorrer em papel toalha. Reserve.

3. Na mesma panela, aproveite para grelhar os filés (poucos de cada vez para não encher de água). Depois de dourados, retire e coloque-os numa refratária.

4. Numa tigelinha, misture bem a maionese, mostarda e o limão com um garfo.

5. Passe esse creme com uma colher em cima de cada filé.

6. Rale o queijo muzzarela e coloque em fatias generosas em cima do creme anterior e por último, salpique o bacon frito.

7. Leve ao forno apenas para derreter o queijo. Sirva quente.

Rende umas 6 porções.


Bolo indiano - para quem gosta de canela e de bolo delicioso :)

Hoje tô inspirada... essa é a terceira postagem sobre bolos.

Este bolo - se é da Índia, não sei (apesar de usarmos a canela da índia), mas que é delicioso ....

Comi um dia numa confeitaria de um amigo, o Luizinho, e amei esse bolo fofinho, saboroso, recheado e coberto com baba de moça.

Fui atrás da receita e adaptando aqui e ali, cheguei à minha versão de bolo-da-angel-da-índia.


Ingredientes e modo de fazer

200 gr de margarina
4 ovos
200 ml de leite
1 xícara de açúcar
1 xícara de açúcar mascavo
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de farinha de pão (rosca)
1 colher sopa rasa de fermento
1 colher sopa de canela em pó

Canela em pó para polvilhar

1. Na tigela grande da batedeira, bater a margarina, os ovos, açúcar comum e mascavo até ficar cremoso.

2. Junte o leite aos poucos, as farinhas, canela, alternadamente.

3. Por último, coloque o fermento e misture delicadamente.

4. Despeje num tabuleiro retangular, untado e enfarinhado e asse em forno médio (180º). Depois de pronto, reserve.

5. Enquanto esfria, faça o creme do recheio e cobertura (baba de moça);

CREME:

1. Numa panela misture 1 lata de leite condensado, a mesma medida de leite e duas gemas peneiradas.

2. Cozinhe bem sem parar até engrossar (consistência de brigadeiro mole).

MONTAGEM:

1. Corte a massa em dois pedaços e com cuidado, transfira um pedaço para uma bandeja bonita.

2. Coloque a metade do creme já frio e cubra com a outra metade do bolo.

3. Cubra apenas a parte de cima com o restante do creme e decore com canela em pó. Sirva depois de frio e aguarde os elogios.

Bolo mármore com nutella - nham nham

Bolo marmorizado geralmente é feito com chocolate em pó.
Mas essa receita é feita com nutella... daí imaginem o resultado!

Com as devidas adaptações do Technicolor Kitchen : http://technicolorkitchen.blogspot.com/


Ingredientes e modo de fazer

4 ovos
1 colher (chá) de baunilha

1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
¾ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar
1 pote (350g) de Nutella



1. Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma , forre o fundo com papel manteiga e unte o papel também.

2. Em uma tigelinha, misture os ovos e a baunilha e bata levemente com um garfo. Reserve. Em uma tigela média, misture a farinha, o fermento e o sal.

3. Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro. Com a batedeira em velocidade médio-baixa, despeje a mistura de ovos aos poucos, em fio, parando algumas vezes para raspar as laterais da tigela.

4. Com a batedeira em velocidade baixa, adicione os ingredientes secos, ½ xícara por vez. Depois de adicionar toda a mistura de farinha, bata por 30 segundos em velocidade média.

5. Transfira 1/3 da massa do bolo para a forma preparada. Alise a superfície. Espalhe metade do pote de Nutella sobre a massa, usando uma espátula limpa e seca. Cubra a Nutella com mais 1/3 da massa de bolo e alise a superfície. Espalhe a outra metade da Nutella sobre a massa. Cubra com a massa de bolo restante e alise a superfície.


Com uma faquinha sem ponta, misture levemente a massa para criar o efeito marmorizado – não misture demais.

Asse o bolo até que cresça e doure, aproximadamente 50 minutos (faça o teste do palito).

Cookies da Anne - e de quem gostar!

Toda mãe é coruja, é verdade. E quando a filha gosta do que a gente gosta de fazer - cozinhar, ficamos muito orgulhosos :)

Só um detalhe: Annelise gosta de doces, por isso, só se aventura na cozinha para fazer sobremesas, bolos e cookies (sua especialidade).

Essa foi a última receita dela, anotem, vale a pena:

Ingredientes e modo de fazer:


1 1/4 de xicara de farinha de trigo
1/4 de xicara de açucar mascavo
1/4 de açucar normal
1 ovo
1/2 colher (chá) de fermento
1/2 colher (chá) de essência de baunilha
3 colheres sopa de margarina
180g de chocolate picadinho (de preferência meio amargo)


1. Coloque os ingredientes secos numa vasilha e adicione o ovo, a margarina e por último o chocolate.



2. Misture bem com as mãos. Modele com a ajuda de uma colher e coloque num tabuleiro forrado com papel manteiga, longe um do outro (cresce bem).

3. Pré-aqueça o forno em 180º por uns 10 a 15 min. Quando começar a cheirar dê uma olhadinha, se ele ja tiver moreninho, pode tirar, mesmo que o meio esteja mole, pq ele endurece fora do forno...





ESPECIAL: Criação de búfalos - Fazenda Babaçu (carnes e queijos)


No feriado de 15 de novembro, visitamos a fazenda Babaçu, da querida D. Leni e pudemos ver de perto a criação de búfalos. Poucas pessoas se aventuram nessa empreitada... isso é para gente valente! 







Logo que chegamos, fomos recebidos com um café da manhã maravilhoso.
Pão de queijo, ricota, leite, cafezinho, uma coalhada DI-VI-NA e patês diversos (tudo feito com leite de búfala). É incrível o sabor desse leite... bem leve e saboroso!


Fiquei viciada na coalhada - levíssima e sem acidez nenhuma!











Na Fazenda também é produzida plantas do tempo das vovós, de alto valor proteico, como: Ora Pro nobis, Taioba, almeirão roxo, mangarito, beldroega, serralha... Até a Embrapa está resgatando essas espécies. Veja no sitehttp://www.embrapa.br/kw_storage/keyword.2007-06-04.9574582965.
 
No almoço, degustamos uma alcatra de búfalo de-li-ci-o-sa (infelizmente não é comercializada ainda em larga escala, mas é uma carne com mais proteínas e menos colesterol que a de vaca) que D. Leni preparou com todo carinho para todos (umas 40 pessoas!!!).

 D. Leni, Laís, eu e a Débora nos aventurando na cozinha :))


Olha a cor dessa carne ao ser cozida!!!!

Depois de pronta - tive a honra de fazer o molho madeira com champignon para acompanhar!!!

Adeus qq tentativa de fazer dieta :))





E ainda por cima, tivemos uma oficina de queijos feitos com leite de búfalas...

Bezerrada linda!

Queijo parmesão de búfala (receita da Serra da canastra):
obs. vou tentar reproduzir a receita, vamos ver se está certo né D. Leni :))


1. Inicie aquecendo 12 litros de leite a 60º. Use um termômetro próprio:



Olha a d. Leni aí com toda simpatia mostrando o termômetro

2. Adicione 4 tampas do coagulante HA-LA com a mesma medida de água para fazer o leite coalhar




3. Tampe a panela e aguarde uns 30 min. o leite ficar durinho (consistente) e corte-o com uma faca grande em quadradinhos (na própria panela).








5. Ligue o fogo e vá mexendo bem enquanto aquece mais um pouco (15 min +-) até atingir a temperatura de 45º e ficar granuladinho.


6. Separe as vasilhas onde o queijo vai ficar. Vá peneirando a mistura anterior e aos poucos, vá colocando na vasilha de queijo ainda quente. Coloque um pouco de sal por cima para temperar.






7. Depois de algum tempo, vire o queijo, coloque mais uma pitada de sal e devolva-o para a vasilha até escorrer completamente. Deixe o queijo em temperatura ambiente até chegar o ponto de parmesão.























No final da oficina, ganhei um queijo cottage, feito com o restante do soro do preparo do queijo parmesão, que usei para fazer patês e molhos para saladas (dp vou postar essas receitas também).




Foi mesmo um dia inesquecível, alegre e divertido, cheio de boas surpresas! Quem não foi, perdeu!


Obrigada D. Leni e à família Cruz pelo carinho!


Filezinho com molho madeira e batata frita no forno

Filé com molho madeira é bem manjado, mas nunca é demais essa receita, porque agrada gregos e baianos.

Ainda mais acompanhado de batatas grelhadas no forno (da Nigella).



Ingredientes
500 gr de filezinhos de filé mignon
pitada de sal e pimenta do reino a gosto
4 colheres de sopa de molho shoyo
4 colheres de sopa de molho inglês
1/2 xícara de água
1 colher de chá de amido de milho
1/2 copo de vinho tinto seco
margarina ou azeite para grelhar quanto baste

1. Leve a margarina para aquecer numa panela média e coloque aos poucos os filezinhos para grelhar. Reserve-os.

2. Na mesma panela, aproveite para fazer o molho madeira.

3. Adicione o shoyo, molho inglês e deixe ferver. Coloque a água dissolvida com o amido e misture bem até engrossar. Por fim, coloque o vinho e deixe ferver mais um pouco. Prove o sal e tempere com pitada de ervas finas, se preferir.

4. Jogue sobre os filés e sirva acompanhado de arroz branco ou essas batatas:


Batatas grelhadas no forno

500 gr de batatas médias cozidas al dente com pitada de sal
1 xícara de óleo de canola bem quente (é o único óleo que pode ser levado a altas temperaturas sem prejudicar a saúde).

1. Depois de cozidas, escorra e coloque as batatas cortadas ao meio numa refratária.

2. Aqueça o óleo numa panela até ponto de fritura (bem quente).

3. Despeje com cuidado sobre as batatas e leve para assar em forno alto até dourar as batatas. Com cuidado, escorra o óleo que sobrou na travessa, escorra as batatas e sirva a seguir, bem quente.




Mousse de limão com chocolate - da filhota


A minha filha, Annelise, é simplesmente doida por doces... quando era criança, era capaz de usar a mesada toda para comprar balinha e pirulito (sem a gente ver, é claro).

Hoje em dia ela não gasta toda mesada com doces, mas usa todo meu estoque de latas de leite condensado e chocolates em barra que encontra pela frente... :)

Umas das últimas receitas dela foi essa mousse de limão com chocolate e biscoitos, que retransmito aqui:

ps. desculpem a qualidade da foto, pq essas foram tiradas de celular, sorry :(

Ingredientes e modo de fazer:

Mousse de limão
1/2 xícara de suco de limão tahiti
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite sem soro

1. Bater o leite condensado na tigela menor da batedeira com o suco de limão, em velocidade baixa.

2. Acrescente o creme de leite e mexa delicadamente. Reserve na geladeira até ficar firme (pode ser na própria refratária - retangular, onde irá servir).


Mousse de chocolate
250 gr de chocolate ao leite picado
1 lata de creme de leite sem soro

1. Pique o chocolate e leve ao microondas para derreter (conforme instruções da embalagem) ou em banho-maria.

2. Misture delicadamente o creme de leite ao chocolate até ficar um creme homogêneo. Reserve.

Montagem:
1. camada de mousse de limão
2. biscoito de chocolate picado a gosto (cookie fica melhor)
3. camada de mousse de chocolate
4. decore a gosto e sirva gelado





Massa caseira de macarrão com molho de tomate italiano

Macarrão já é gostoso, mas qdo se faz com a massa caseira, sem comentários ;)

Vi essa receita num site de culinária do UOL e me apaixonei por ela. É do chef de cozinha do restaurante Zucco, de SP (Av. Paulista com Haddock Lobo).

Confesso que dá um pouco de trabalho, e ainda mais para abrir sem o cilindro (abri com rolo de pastel), mas o resultado compensa.

Detalhe: a massa fica mais amarelinha, por causa das gemas e da semolina, e com a textura mais firme, como as boas massas italianas.

Rende bastante: com um kilo de ingredientes, deu para fazer talharim e masssa para lasanha (1,200 gr aproximadamente).

Ingredientes

600 gr de farinha de trigo
400 gr de semolina
2/3 ovos inteiros
12 gemas
1 pitada de sal


1. Misture as duas farinhas numa bacia. Junte os ovos, o sal e as gemas e misture bem. Transfira a massa para sovar numa bancada enfarinhada até ficar bem homogênea.
(eu dividi em duas partes para trabalhar melhor)







2. Coloque a massa de volta na bacia, cubra com um pano de prato úmido e deixe descansar por 15min.

3. Corte em pequenos pedaços e abra-os, um de cada vez, com ajuda de um cilindro ou um rolo de pastel. Por ficar bem elástica, fica fácil para abrir sem quebrar.

4. Corte no formato que desejar e leve para cozinhar em água fervente com água e fio de azeite quando for utilizar.
Observações:
- essa massa pode ser congelada, desde que guardada separada por plástico.
- eu cortei com faca mesmo no formato de talharim e maiores, no formato para lazanha.



Molho de tomate (para 200 gr de massa cozida e escorrida):

2 colheres de sopa de azeite
1 cebola pequena ralada
2 dentes de alho amassados
folhas de manjericão fresco
queijo parmesão ralado a gosto
sal e pimenta do reino a gosto
400 gr de tomate italiano (ou débora) picado sem pele e sem semente

1. Ferva 500 ml de água e coloque os tomates nessa água até soltar a pele. Lave em água fria e retire a pele e as sementes. Corte-os e reserve.

2. Em outra panela, aqueça o azeite, coloque a cebola e deixe dourar. Acrescente o alho, sal, pimenta do reino e as folhas de manjericão. Junte os tomates picados e deixe cozinhar até desmanchar. Pode ficar uns pedacinhos de tomate.

3. Junte o parmesão ralado, mexa bem e sirva sobre a massa quente. Salpique mais queijo na hora de servir.



Bolo de laranja com calda

Bolo é sempre um pecado à parte :))

Esse aqui de laranja, nem se fala. Adaptei do site que sigo "Technicolor Kitchen". Eu sempre aviso: visitem, pois tem receitas divinas de doces e bolos!!!

Então, adaptando aqui e ali, vamos à receita.

Ingredientes

4 ovos
1 xícara de açúcar refinado
1 colher (chá) de baunilha
1 1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
150 gr de margarina sem sal derretida
1/2 xícara de farinha de amêndoas (se não encontrar, triture amêndoa sem casca num processador)
1 colher (sobremesa) de raspas de limão siciliano

Calda
1 1/2 xícara de açúcar cristal
1 1/2 xícara de água
fatias de 3 laranjas (rodelas finas, sem as sementes)

1.Comece pela calda onde vai cozinhar a laranja. Coloque uma panela no fogo com a água e açúcar até dissolver. Adicione as fatias de laranja e deixe cozinhar por uns 10 min. Reserve.

Bolo:

2. Bata na batedeira os ovos inteiros, açúcar e a baunilha por uns 8 min.

3. Peneire a farinha de trigo com o fermento sobre a mistura anterior e misture delicadamente para não perder o volume.

4. Acrescente a margarina derretida, a farinha de amêndoas e as raspas de limão. Misture suavemente. Reserve.

5. Unte uma forma redonda de +- 20 cm de diâmetro com margarina e cubra com papel manteiga duplo (fundos e laterais).

6. Escorra as fatias de laranja e leve a calda para engrossar.

7. Arrume as fatias de laranja nas laterais e fundo da forma. Despeje a massa e leve para assar em forno médio até ficar com a cor dourada.


Depois de assado, espere esfriar um pouco e vire sobre um prato bonito para servir.

Sirva o bolo com a calda que sobrou do cozimento da laranja.
Observação: a laranja pode ser comida, pois além de cozida, foi assada junto com o bolo.
Receba os elogios depois ;)



Dica: bons livros de culinária

Há tempos venho pensando em postar dicas sobre bons livros sobre culinária.

Na verdade, eu sempre gostei de testar receitas de amigos, parentes, programas. Mas me rendi a bons livros recentemente, e isso se explica: pq conheço os autores. E geralmente, já testei suas receitas.

Hoje vou apresentar alguns bons livros:

1. Revolução na Cozinha - de Jamie Oliver



Nem preciso falar aqui sobre esse lindo chef que ensina de forma bem simples... com um jeitinho moleque de simplificar até o mais nobre caviar. É um gênio, porque além de talentoso, é criativo, cativante e está sempre inovando conceitos culinários. Ele tem um "quê" de salvador da pátria de comunidades que se alimentam mal e procura ensinar boas práticas à mesa, como introdução de alimentos naturais e balanceados.
Esse livro (ele tem mtos) é bem básico, mas tem receitas ótimas. Vale a pena investir.







2. 200 receitas de sobremesas divinas - da PubliFolha

Difícil fazer 200 receitas, mas vale a pena tentar :))
Esse livro tem receitinhas criativas, diferentes e é um bom investimento para quem gosta de inovação.
Tá... que pavê e pudim de leite moça tem seu lugar, ninguém discorda. Mas por que não mudar de vez em quando né?


3. 10 anos - Mais Você, da Ana Maria Braga

Ela já acusada de ser brega, de ensinar mal, de não ser chef por formação, etc etc. Mas uma coisa a gente tem que dizer: suas receitas dão super certo!!!
Nesse livro comemorativo de 10 anos do programa, ela seleciona boas receitas e dá dicas super bacanas. As receitas tem nosso jeitinho brasileiro de cozinhar, por isso valeu a pena o investimento.


4. Nigella Express: 130 Pratos rápidos e Saborosos


Os livros dela eu ainda não adquiri, mas o programa no CANAL GNT é imperdível. Vou colocar aqui a resenha retirada do site Submarino, que vende livros dessa admirável chef inglesa.
Obs. suas sobremesas são deliciosas e fáceis de executar.

"A chef britânica Nigella Lawson, conhecida por suas receitas caseiras, traz neste livro ma grande variedade de ótimas receitas. E o principal: sem que você perca muito tempo na cozinha. Ela radicaliza o conceito de simplicidade e ensina receitas que podem ser preparadas em até meia hora. Este livro é ideal para quem não tem muito tempo de ficar na cozinha, mas quer fazer pratos saborosos e diferentes."















Torta de bacalhau - da tia Lu

Particularmente, não sou muito fã de bacalhau... mas essa torta salgada é tudo de bom para servir de lanche! 

Receita da tia Lú, que é especialista em bacalhau (mesmo pq ela ama esse peixinho :)

Ingredientes do recheio

500 gr de bacalhau demolhado, ferventado e desfiado
1 tomate em cubinhos
1 cebola pequena picada
3 dentes de alho amassados sem sal
pimenta do reino e sal a gosto (cuidado, pq tem sal no bacalhau)
3 colheres de polpa de tomate
cheiro verde picado a gosto
3 colheres de sopa de azeitona picadas
1 xícara de ervilhas frescas ferventadas
1/2 pimenta dedo de moça picada (opcional) ou pimenta de cheiro
3 colheres de sopa de azeite de oliva

Ingredientes da massa

2 xícaras de chá de leite
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1/2 xícara de queijo ralado (minas curado)
1/2 colher de chá de sal
3/4 de xícara de óleo
4 ovos
1 colher de sopa rasa de fermento em pó

1. Inicie preparando o recheio, pois deve estar meio frio quando colocar sobre a massa.

2. O bacalhau deve ter ficado de molho na água por umas 24 horas. Coloque-o numa vasilha com água na geladeira e vá trocando durante o dia. Após isso, escorra e leve para ferventer em panela e água por uns 10 min. Desligue o fogo, escorra novamente e desfie, retirando pele e espinhas.

3. Prepare o recheio: aqueça uma panela com azeite de oliva, frite a cebola e alho. Adicione o tomate, azeitonas, ervilha, pimentas, sal a gosto e a polpa de tomate. Mexa bem. Por último, coloque o bacalhau desfiado e o cheiro verde picado. Prove o sal. Reserve.



Prepare agora a massa:


Unte um tabuleiro ou refratária com óleo e farinha de trigo. Reserve.

1. Peneire numa bacia a farinha e o fermento. Adicione o queijo ralado. Reserve.

2. Coloque no liquidificador os ovos, leite, óleo, sal e bata até misturar bem.

3. Despeje essa mistura na bacia com os ingredientes secos e com ajuda de um fouet ou colher, misture bem todos os elementos até virar um creme.


4. Coloque metade dessa massa na refratária e espalhe o recheio, distribuindo bem.




5. Despeje o restante da massa e leve para assar em forno médio (180°) até crescer e ficar dourada.


Sirva quentinha, os amigos agradecem